quarta-feira, 15 de agosto de 2012

Comunitarismo - a refundação do mundo


Luís A. W. Salvi, Editorial Agartha, 2011, 416 p., R$ 60,00

Esta obra traz a singela mas eficiente matese (programa) da comunidade humana, berço para as maiores realizações humanas e a própria renovação do mundo.
O Manifesto Comunitarista visa tornar possível os melhores sonhos e aspirações destas gerações. Contrapõe-se ao marxismo como leitura eurocêntrica da História e visão redutiva de mundo e da sociedade. Afinal, as Américas vivem o seu parto, pois acontece uma verdadeira Sociogênese (e não uma Sociosíntese, como ocorre na Eurásia), e nisto mais vale o movimento criador, o fiat da renovação e a própria Revelação. Trata-se, pois, da própria refundação do mundo, e para isto a ordem comunal ampla, sempre se revelou um instrumento primordial.
Não temos todavia a pretensão de “reinventar a roda”, mas apenas de recolocá-la em movimento; para empregar a consagrada expres-são hindu chakravartin. O universalismo da Tradição é a grande res-posta, porque a humanidade existe há muito tempo e nesta sua larga experiência, tem dado mostras de saber fazer as coisas, na conquista do seu dom de mundo -sem deixar de contar para isto com as forças superiores da Providência. E tendo hoje como pivô a adoção do “Programa trinitário” de Espiritualidade-Fraternidade-Ecologia.
Esta obra representa um convite para a sociedade assumir seriamente medidas alternativas de vida, agora que a atrofia do sistema se apresenta evidente mesmo dentro do chamado “estado-de-direito”, na medida em que ele se revela incapaz de realizar as mudanças estruturais necessárias.

clique na imagem para ver maior
PEDIDOS
HOME

Nenhum comentário:

Postar um comentário